Giro Ipiaú

Canadá registra centenas de mortes súbitas em meio a onda recorde de calor

Foto: Jeff McIntosh/The Canadian

Centenas de pessoas morreram repentinamente nos últimos dias na Colúmbia Britânica, província no oeste do Canadá, em meio a uma onda de calor sem precedentes na América do Norte. A cidade de Lytton, que fica a 250 km ao leste de Vancouver, teve pelo terceiro dia consecutivo na terça-feira (29) o recorde de maior temperatura já registrada no Canadá: 49,5ºC.

A marca canadense é quase 5°C acima do recorde histórico de calor no Brasil, que é 44,7°C (atingida em novembro de 2005 em Bom Jesus do Piauí, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia). As altas temperaturas têm afetado também o oeste dos Estados Unidos, com cidades nos estados de Washington e do Oregon também registrando recordes.

Autoridades da Colúmbia Britânica, província onde fica Vancouver e Lytton, receberam 233 avisos de mortes entre sexta-feira (25) e segunda-feira (28), contra uma média de 130 em períodos normais. Os serviços de medicina forense da província afirmaram que “o calor extremo desempenhou um papel” no “aumento importante do número de mortes”. Já a polícia federal canadense disse em um comunicado que idosos são a maioria das vítimas. “Acreditamos que o calor contribuiu para a maioria das mortes”.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

Scroll Up