Giro Ipiaú

Três ciganos morrem em confronto com a PM em Anagé

Foto: Reprodução

Um confronto entre policiais militares e ciganos suspeitos de envolvimento na morte de dois PMs em Vitória da Conquista, morreram na tarde dessa quarta-feira (28), na zona rural do município de Anagé, no sudoeste baiano. Em nota divulgada no início da noite, a assessoria da Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que o trio morto foi flagrado armado, durante a tarde, às margens do rio Gavião, em Anagé, após uma denúncia anônima relatando a situação.

“Equipes da 79a Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e da Delegacia Territorial (DT) foram até o local e acabaram sendo atacados com disparos de arma de fogo. Houve confronto e os três ciganos terminaram feridos. Eles foram socorridos para o hospital de Anagé, mas não resistiram. Morreram Diogo Silva Matos, 34, Solon da Silva Matos, 21, e Bruno da Silva Matos, 30. Um quarto cigano, que também confrontou com os policiais, conseguiu escapar do cerco e está sendo procurado”, informa a nota. Ainda de acordo com a SSP, com o trio as equipes recuperaram a pistola calibre 40 do tenente Luciano Libarino, roubada após ele ser executado pelos ciganos.

Morte dos PMs

Os dois policiais foram mortos por um grupo de ciganos na manhã do dia 13 de julho, no distrito de José Gonçalves, município de Vitória da Conquista. O tenente Luciano Libarino Neves, de 34 anos, e o soldado Robson Brito de Matos, de 30 anos, estavam a paisana realizando um levantamento de crimes de roubos ocorridos naquela região, quando foram surpreendidos e executados a tiros pelos criminosos que fugiram em seguida.

Durante a caçada policial, três ciganos já tinham sido mortos em confrontos (1 em Conquista e outros 2 em Itiruçu). De acordo com informações policiais, três envolvidos nas mortes dos PMs seguem foragidos.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

Scroll Up