Giro Ipiaú

Duas chapas concorrerão às eleições da OAB-Ipiaú

Coluna Política e Social
Eleições
– Com paridade de gênero e cota racial, OAB-BA realizará, no próximo dia 24 de novembro, as eleições para o triênio 2022/2024. A votação é obrigatória para todos inscritos na Seccional, adimplentes com o pagamento das anuidades e elegerá os membros do Conselho Seccional e de sua Diretoria, conselheiros federais, Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados e nas 36 subseções no interior do estado. O clima eleitoral já movimenta os bastidores da Subsecção de Ipiaú onde duas chapas estarão envolvidas na disputa. A chapa de situação será  encabeçada pela atual presidente da subsecção, Maria da Glória Alves que concorrerá ao sexto mandato e terá como vice a advogada Marly Santana Santos, de Ubaitaba.  Já a chapa da oposição será  liderada pelo advogado Eduardo Pires, o popular Duda, também de Ubaitaba, que terá como  suplente o advogado Genivaldo Lins, atual vice-presidente da diretoria da subseção.

Paridade de Gêneros

Pela primeira vez, as chapas serão obrigatoriamente formadas com paridade de gênero (50%) e 30% de cotas raciais, como determina a Resolução 5/20, publicada em 14 de abril deste ano, que alterou o Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB para estabelecer a política de paridade de gênero, tanto para titulares como para suplentes, e de cotas raciais para negros (pretos e pardos) nas eleições da OAB. Ambas as alterações foram aprovadas pelo Conselho Pleno, instância máxima da OAB Nacional, na sessão do dia 14 de dezembro de 2020.

Igualdade RacialObjetivando celebrar o mês da Consciência Negra, o Instituto Latino Americano de Tradições Afro Bantu (ILABANTU), em parceria com a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) realizará no dia 17 de novembro, no Salão do Plenário da Câmara Municipal de Ipiaú, o seminário Pensar Políticas de Promoção da Igualdade Racial. O evento contará com a presença da socióloga Fabya Reis (foto), titular da Sepromi, e outros especialistas do tema, lideranças de movimento negro e de povos e comunidades tradicionais de matrizes africanas. O representante do Instituto Latino Americano de Tradições Afro Bantu, Walmir Damaceno explica que o seminário é um convite à reflexão sobre as raízes profundas do racismo no Brasil e sobre a necessidade de tornar a luta antirracista uma tarefa permanente. A intolerância religiosa não deixará de ser pontuada na ocasião.

Elogios de Cleraldo“E há em cada canto da minha alma um altar a um deus diferente”, a frase do poeta português Fernando Pessoa, através do seu heterônimo Álvaro de Campos, bem cabe em recente procedimento do empresário e ex-deputado Cleraldo Andrade que na última sexta-feira, 8, jogou confete em Alipinho e rasgou elogios à prefeita Maria das Graças que militam em extremos opostos da política ipiauense.

Pela manhã, em uma entrevista à sua emissora de rádio, Cleraldo declarou-se um entusiasta da candidatura do empresário Alipinho a deputado federal. No final da tarde do mesmo dia, durante a inauguração da obra de requalificação da Praça Nossa Senhora Aparecida, assegurou que Maria vem fazendo uma administração primorosa que a todos encantam.

Contraponto

No elogio ao empresário, Cleraldo disse:  “Eu aplaudo essa coragem de Alipinho, esse desempenho de Alipinho, em querer ser deputado. Ipiaú tem de ajudá-lo, que ele será uma referência. Alguém pode até não concordar com ele, mas tem que saber que ele é um empresário vencedor. É um direito que ele tem. Acho que é um bom nome, ele está no caminho certo”.

Já no discurso em louvor à prefeita, destacou: “A vinda de Maria para Ipiaú foi uma dádiva. A gente como filho de Ipiaú só tem a lhe agradecer. O que eu desejo, Maria, é que você continue fazendo esse trabalho pela nossa terra. Tenho certeza que é Deus quem está lhe orientando para continuar esse trabalho magnifico. Fazendo praças, avenidas, creches, cuidando da saúde, da assistência social. A gente ver com muito carinho o trabalho que você vem fazendo. Rogo a Deus que lhe dê força para continuar fazendo esse trabalho maravilhoso por Ipiaú”. Cleraldo está certo nos dois pontos de vista. Diz o ditado popular: “Macaco velho não mete a mão em cumbuca”.

Flávia MendonçaDepois de aprovar a concessão do título de cidadania ipiauense ao ex-prefeito José Mendonça, agora a Câmara Municipal aprecia a possibilidade de conceder a mesma honraria à empresária Flávia Mendonça, presidente da Comissão Executiva do Diretório Municipal do Partido Progressista -PP- que detém a bancada majoritária nesta casa legislativa. A proposta foi apresentada ao plenário pelo vereador Robson Moreira.

Chegando juntoReafirmando o seu protagonismo na luta em favor das conquistas campesinas, a vereadora Andreia Novais -PP- marcou presença na  Oficina sobre Cadernetas Agroecológicas do projeto ATER Mulher, realizada, recentemente ,  na Fazenda do Povo. A vereador explica que a caderneta propõe o monitoramento da produção da agricultura familiar com o objetivo de visibilizar e valorizar a produção agroecológica das mulheres agricultoras. Na oportunidade, ocorreu a apresentação teórica da caderneta e discussão da valorização da mulher enquanto produtora e executora de tantas atividades no seu dia a dia. O evento foi realizado pela equipe da Cooperativa de Trabalho da Região Sudoeste da Bahia (COOPERSUBA), e contou com a participação da coordenadora técnica da Bahiater, Carmem Miranda.

Mostrando seu valorSob o comando da médica veterinária Vanessa Fonseca, coordenadora da Vigilância Sanitária de Ipiaú, a equipe de vacinação antirrábica tem realizado um excelente trabalho. É a política pública de combate às zoonoses mostrando o seu valor. Miguel Barbosa, Anthony, Alan e Alexandre, fazem a diferença. *Coluna produzida pelo jornalista José Américo Castro


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

Scroll Up