Giro Ipiaú

No sol ou na chuva é sempre um sofrimento para quem trafega na BA-549

Fotos: Redes Sociais

Quem usa a BA-549, trecho entre a BR-330 (região de Baixa Alegre) até a cidade de Apuarema, passando pelos distritos e Santa Terezinha (Jitaúna), Itaibó (Jequié) e Córrego de Pedras (Ipiaú), sabe que não é uma tarefa fácil. Os problemas na infraestrutura da estrada são recorrentes e amplamente discutidos por moradores das localidades nas redes sociais. Eles culpam as autoridades políticas dos municípios e do governo estadual, esse último apontado como principal responsável pela manutenção da estrada onde trafega inclusive ônibus intermunicipal.

No último mês de julho, registramos aqui no GIRO as dificuldades causadas por conta da falta de manutenção na estrada e as consequências do período chuvoso àquela época (ver matéria). Nas semanas seguintes, máquinas iniciaram o patrolamento, mas segundo os moradores, o serviço não foi de boa qualidade. Essa semana, com a chuva que caiu entre o final da tarde de terça-feira e a manhã de quarta, as pessoas que utilizam a estrada para ter acesso aos centros urbanos novamente enfrentam muita lama.

Quem mora na área rural de um desses municípios e distritos sonham com a pavimentação total ou ao menos com manutenção mais frequente e de qualidade na estrada. Ressalta-se que a qualidade da rodovia é de extrema importância para o escoamento das produções agrícola da região, a fluidez do tráfego dos veículos, além de promover o acesso da população aos serviços básicos de saúde e educação.

Em janeiro desse ano, o prefeito de Jitaúna, Patrick Lopes, informou que o governador Rui Costa autorizou o estudo técnico para viabilizar o asfaltamento da BA 545, mas não há informações se tal estudo já foi realizado.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

Scroll Up