Giro Ipiaú

Violência na Bahia: Sandro Régis diz que “incompetência do PT tem custado vidas”

Foto: Divulgação

Estado é responsável por 13,7% dos assassinatos no país. Em todo o Brasil, houve redução 4,7% entre janeiro e setembro deste ano

Líder do ranking nacional de assassinatos, a Bahia voltou a registrar aumento no número de mortes violentas em 2021. Segundo dados do Monitor da Violência, do G1, o estado teve crescimento de 10,9% nas ocorrências entre janeiro e setembro deste ano em relação a 2020, saltando de 3.832 casos neste período para 4.252.

A Bahia é responsável por 13,7% dos assassinatos no país. Em todo o Brasil, ainda de acordo com o levantamento, houve redução de 4,7% entre janeiro e setembro deste ano. A Bahia foi um dos poucos estados que registraram crescimento no número de assassinatos.

Para o deputado estadual Sandro Régis (Democratas), líder da Oposição na Assembleia Legislativa (ALBA), a responsabilidade por estes números alarmantes é dos governos petistas. “A incompetência do PT tem custado milhares de vidas em nosso estado. São 15 anos de negligência com a segurança pública, que está abandonada. O resultado é que a Bahia vive uma epidemia da violência”, disse.

Régis recorda que o estado já vem liderando o ranking de homicídios nos últimos anos em todos os levantamentos nacionais, a exemplo do Anuário Brasileiro de Segurança Pública e do Atlas Violência. O parlamentar pontua que as gestões do PT falharam tanto em combater o crime organizado quanto em garantir condições sociais para levar à redução dos índices.

“A Bahia é o estado com maior taxa de analfabetismo, entre as maiores taxas de desemprego, tem o pior índices do ensino médio e o maior número de pessoas extremamente pobres. Tudo isso está relacionado ao caos que estamos vivendo na segurança pública. E o governo do PT já provou que não tem competência para mudar este cenário”, criticou.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

Scroll Up