Giro Ipiaú

PMs são presos por extorsão de R$ 200 mil durante sequestro

Foto: Divulgação/SSP

Dois soldados da Polícia Militar foram presos na manhã desta sexta-feira (25), em uma operação da Corregedoria da PM e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), realizada em Salvador e cidades da Chapada Diamantina. Batizada de Vindicta, a ação tem como objetivo desarticular uma quadrilha envolvida com crime de extorsão mediante sequestro.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a dupla foi detida em Seabra, na Chapada, e outros dois seguem procurados na capital baiana. Durante a ação, foram cumpridos dois mandados de prisão, e outros sete de busca e apreensão. O delegado Adailton Adan, responsável pela operação, disse que as investigações confirmaram o envolvimento dos homens com um sequestro em Seabra, no último mês de agosto. A quadrilha extorquiu cerca de R$ 200 mil da vítima e a mantinha em um cativeiro perto da casa de um dos presos.

“Uma vítima foi retirada de sua residência e obrigada a realizar pix para uma mulher, com conta aqui em Salvador. Demos cumprimento a esses mandados e estamos buscando avançar nas investigações para ver a participação deles em outros eventos criminosos, e mais pessoas com atuação no grupo”, disse.

No imóvel onde um dos PMs foi localizado, a polícia encontrou armas, drogas e munições. Ele também foi autuado por tráfico de drogas, além da suspeita de extorsão mediante sequestro. No imóvel, aparelhos eletrônicos foram apreendidos e serão utilizados nas investigações.

De acordo com o delegado Paulo Roberto Guimarães, as prisões serão comunicada à Justiça e ele será transferido para cumprir pena em Salvador. “Inicialmente, tem que ser comunicado ao juiz da Comarca e eles devem ser encaminhados ao Batalhão de Guarda”, informou. Leia mais no G1


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

Scroll Up