Giro Ipiaú

Secretaria de Assistência Social segue cadastrando vítimas de enchentes em Ipiaú

Foto: Reprodução

A equipe da Secretaria de Ação Social da Prefeitura Municipal de Ipiaú prossegue com o trabalho de cadastramento das famílias vitimadas pelas enchentes, deslizamentos de terras e outros incidentes decorrentes dos temporais verificados na última quinzena do ano passado. À proporção que o volume do Rio das Contas vai baixando constata-se mais estragos em imóveis, ampliando assim a situação de calamidade no município.

O rastro da destruição é observado em diversos pontos da cidade, com mais ênfase nos bairros Horta Comunitária, Irmã Dulce, Santa Rita, Euclides Neto, Antônio Lourenço e toda a região ribeirinha. Foram registrados diversos desmoronamentos, muitas casas desabaram, deixando um saldo de 570 famílias atingidas, 146 das quais com o patrimônio totalmente aniquilado. Somente na Quadra 17, Vila Irmã Dulce, foram 15 casas destruídas.

Foto: Reprodução

Duas semanas antes da cheia de Natal, já tinha ocorrido Ipiaú alguns alagamentos que alertaram a Prefeitura para a realização de medidas preventivas e um plantão de prontidão. A partir de então a equipe do social, liderada pela secretária Rebeca Câncio, realizou rondas nas áreas de risco, pedindo às pessoas que saíssem das suas residências. Infelizmente houve uma resistência e a maioria das famílias só atenderam ao apelo do Poder Público quando o problema já estava fora do controle.

Em parceria com o Governo do Estado o município busca construção para esses populares. Algumas famílias cujos imóveis não foram destruídos já estão voltando para as suas residências nos locais onde a água baixou, mas a grande maioria ainda está alojada nos abrigos providenciados pela Prefeitura, recebendo a assistência necessária.

O Plantão Social permanece, a equipe comandada pela secretária Rebeca Câncio, permanece em regime de plantão permanente. As famílias acolhidas estão tendo atendimento médico, psicológico e nutricional. Diariamente são fornecidas duas mil quentinhas para o café da manhã, almoço e jantar dessas famílias. O cardápio conta com a orientação de competentes nutricionistas. Todas elas também estão recebendo donativos provenientes de ações governamentais, assim como da comunidade que tem se mostrado sensível e solidária aos desabrigados. (José Américo Castro).


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

Scroll Up