Giro Ipiaú

Psicóloga Rita Januário destaca os efeitos da pandemia na saúde mental

Psicóloga Rita Januário

Estamos vivendo dias difíceis neste momento de pandemia e os cuidados com a saúde precisam ser redobrados, pois toda a situação pode afetar também a saúde mental das pessoas, aumentando a ansiedade, a insegurança, tristeza e outros sentimentos diante do isolamento social e das incertezas.

Relatos cada vez mais frequentes apontam que além dos sintomas físicos, parte dos pacientes “recuperados” da Covid também podem desenvolver sequelas emocionais que afetam sua saúde mental. Visto que a conexão corpo e mente é muito perceptível, isso porque, ao se ver de certa forma ainda preso por tanto tempo aos efeitos do vírus, a tendência é que sintomas como ansiedade, irritabilidade, alterações de humor, alterações de apetite, fadiga emocional, desânimo e depressão despontem provocando ainda mais instabilidade neste indivíduo.

Observa-se que, na grande maioria dos casos de Covid, são deixadas sequelas psicológicas que estão ancoradas na angústia e no fato de que o paciente experimenta o medo e a insegurança por ainda estar vivendo o pesadelo da contaminação por um vírus invisível e altamente nocivo. Além disso, outro fator que contribui é o próprio período de isolamento que mexe com as estruturas emocionais do infectado.

É muito importante estar atento aos sintomas emocionais, mesmo após o período de recuperação, pois manter a saúde mental harmonizada contribui para aumentar e controlar os níveis de imunidade, reduzir os impactos físicos, além de promover a sensação de bem-estar que o indivíduo precisa para valorizar cada detalhe de seu cotidiano.

Em contexto de pandemia, é recorrente o aumento de sofrimento psíquico na população, principalmente em quem já tinha fatores preexistentes. É esperado que o frequente estado de alerta, preocupação, solidão e sentimento de falta de controle frente às incertezas do momento, aumente o estresse e sofrimento psíquico. Além disso, o abalo psicológico tende a tornar esse indivíduo ainda mais vulnerável frente à necessidade da retomada de suas atividades, limitando suas ações e potencializando respostas negativas ao aparelho inconsciente.

Diante deste cenário, reforça – se o fato de que a saúde mental precisa e merece atenção. A busca de apoio e acompanhamento de um profissional especializado é fundamental, uma vez que os reflexos da contaminação comprometem a qualidade de vida do recuperado e deixa evidente que, não são apenas sintomas físicos que perduram após a recuperação.

Janeiro Branco – É o mês dedicado à conscientização a respeito da saúde mental, cada vez mais reconhecida como uma prioridade global de saúde.

Rita de Cássia Santana Januário

CRP 03/16729

PositivaMente Clínica de Psicologia

Praça Virgílio Damásio, Centro Ipiaú-Ba

Lauro de Freitas , Centro Ubatã – Ba

73 981122555


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

Scroll Up