Giro Ipiaú

Coluna Saúde – por Dr. Fábio Silva

Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (19) de janeiro, teve início a campanha de mamografias em Itagibá. Um projeto do governo do estado em parceria com a prefeitura municipal de Itagibá, onde serão realizados 1200 exames para mulheres entre 40 e 69 anos de idade.

A secretária de saúde Nilda Lopes, falou sobre a importância da mamografia de rastreamento para o diagnóstico do câncer de mama em estágios iniciais, pois aumentam as chances de cura, bem como a possibilidade de tratamento menos agressivos.

A abertura da campanha contou com uma palestra do mastologista Dr. Fabio Silva, especialista em câncer de mama. O mesmo comentou que estão previstos 65 mil novos casos de câncer de mama para o ano de 2022. Nestas 1200 mamografias a serem realizadas pelo projeto, certamente, serão feitos alguns diagnósticos.

Dr. Fabio Silva orienta que diante do diagnóstico de câncer de mama não há razão para se desesperar. O câncer de mama tem cura, especialmente quando o diagnóstico é realizado através de mamografia de rastreio.

“Desde 2019 já diagnosticamos e tratamos centenas de pacientes com câncer de mama com sucesso. Nossa região se tornou referência no combate ao câncer de mama. O Hospital e clínica são Roque (no particular) e o Hospital Geral de Ipiaú (pelo SUS), são dos poucos, hospital do país, que realizam cirurgias para o câncer de mama e reconstrução mamária, cirurgias oncoplástica.”

É importante que a população de Itagibá e região abracem essa oportunidade, façam sua mamografia sem medo. Se for diagnosticado câncer de mama procurem a secretaria de saúde, pois a prefeitura de Itagibá está preparada pra ofertar todo tratamento e atenção que o paciente com câncer de mama precisa.*Coluna produzida por Dr. Fabio Silva


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

Scroll Up