Giro Ipiaú

Professora Rosilda morre aos 74 anos e deixa boas lições de vida em Ipiaú

Foto: Redes Sociais

Faleceu na madrugada desta sexta-feira (15), aos 74 anos, a professora aposentada Rosilda de Sá Araújo, que foi vice-diretora do Colégio Estadual de Ipiaú, onde lecionou durante muito tempo e também era membro da Primeira Igreja Batista (PIB) de Rio Novo, desde o mês de dezembro de 1963. Foi ainda professora do Colégio Celestina Bittencourt.

O corpo de Rosilda está sendo velado na sua residência, na Rua Tomé de Souza, próxima à Praça do Cinquentenário e o sepultamento será às 16 horas no Cemitério da Saudade, também conhecido como Cemitério Velho.

A causa da morte ainda não foi devidamente esclarecida, mas pode ter decorrido de um infarto fulminante, já que ela foi encontrada caída, sem sinais de vida, no chão de seu quarto por volta das seis horas.

Solteira, sem filhos, de temperamento alegre e tranquilo, Rosilda deixa seu nome na história de Ipiaú pelos relevantes serviços prestados à comunidade local, sobretudo na educação e na evangelização. Tinha o dom da música, atuava como solista nos corais da PIB de Rio Novo e era secretária da Escola Bíblica Dominical.

Filha de João Elias de Araújo e Maria de Sá Araújo, casal que fez parte do grupo pioneiro da Rua do ABC, atual Tomé de Souza, Rosilda era uma pessoa otimista, dedicada aos seus afazeres e de alegria contagiante.

Dela disse o pastor Carlos César Januário: “Era uma pessoa que amava a igreja e estava sempre presente nos cultos. Sei que vamos lembrar de Rosilda eternamente, com gratidão em nossos corações por tudo que ela viveu e representou aqui entre nós. Que o Senhor Deus console toda a família e os amigos que também choram a partida dessa pessoa tão querida”. *Giro/José Américo Castro


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também