Giro Ipiaú

“O que foi pontuado já está feito”, explica Givaldo sobre condições do estádio Pedro Caetano

Givaldo – diretor de Esportes de Ipiaú

O diretor de esportes do município, Givaldo Nascimento, em conversa com o repórter Romário Henderson, deu explicações acerca da celeuma que envolve o estádio Pedro Caetano, que ainda depende da vistoria do Corpo de Bombeiros para ser liberado para os jogos do Itabuna Esporte Clube na Série B do Baiano.

Givaldo comentou que uma solicitação de vistoria não é tão simples assim, mas garantiu que tudo o que foi pontuado já está pronto. “Essa demanda pedida para a vistoria envolve bastante coisa. Em 2019 o Doce Mel não conseguiu jogar os primeiros jogos em casa correndo atrás justamente dessa mesma situação em que eu estou. Então não é algo simples de mandar o bombeiro vim e ele aprovar. A demora é que estamos fazendo o máximo possível para quando chegarem aqui o estádio já estar em condições de receber jogos, não queremos deixar nada em dúvida. Diante do que foi solicitado, está praticamente tudo pronto. Na segunda-feira (16/05) faremos o envio. Algumas das exigências do Corpo de Bombeiros foram extintores, pois na vistoria anterior os vestiários ainda não tinham sido modernizados, então com o novo vestiário, é necessário mais extintores. A prefeitura não tinha licitado ainda, então foi feito com rapidez para poder atender. Agora é aguardar a vistoria e esperar o parecer final da liberação ou não do estádio, mas o que foi pontuado já está feito”, disse ele.

Estádio Pedro Caetano

Givaldo fez um comparativo quando Ipiaú recebeu jogos profissionais, ressaltando que atualmente o estádio está modernizado após a reforma que foi feita. “Quando tivemos jogos profissionais aqui não tínhamos vestiário modernizado, saída de emergência, tínhamos apenas uma bilheteria, não tínhamos iluminação e apenas três cabines de rádio. Hoje, três anos depois, o estádio se encontra em situação bem melhor, com vestiários amplos e modernos, inclusive climatizados, temos saída de emergência, duas bilheterias, mais três cabines de transmissão, etc. Então se o Corpo de Bombeiros não liberar, no meu ponto de vista, será injustiça”, completou Givaldo.

O Itabuna alimenta a expectativa de no dia primeiro de junho, oportunidade em que fará a sua segunda partida como mandante, já possa jogar em Ipiaú. (GIRO/Romário Henderson)


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também