Giro Ipiaú

Familiares e amigos de dentista morta após atropelamento fazem protesto em Ilhéus

Foto: Reprodução/TV Bahia

Familiares e amigos da dentista Ranitla Bonella, de 23 anos, que morreu após um atropelamento, no trecho urbano da BA-001, em Ilhéus, fizeram um protesto no início da tarde desta quarta-feira (15). O grupo voltou a rodovia onde aconteceu o acidente com pedidos de justiça.

O caso aconteceu no sábado (11). A vítima era recém-formada e estava na cidade para fazer uma especialização em ortodontia. Ela foi atingida pelo veículo no momento em que atravessava a rodovia, em uma faixa de segurança. A jovem foi arremessada e chegou a bater em um guard rail.

Fotos: Redes Sociais

“Na verdade, a gente veio até aqui em busca de maiores informações, em busca de procurar entender o que realmente aconteceu e a cada relato a gente viu que o que aconteceu com a minha filha não foi um acidente, ela foi assassinada brutalmente. Tiraram a vida da minha filha”, disse a mãe da dentista, Romênia Scaramussa.

O empresário suspeito de atropelar e matar a dentista, identificado como Tharcísio Aguiar se apresentou na delegacia de Ilhéus, na segunda-feira (13). Acompanhado por dois advogados, ele foi ouvido pela polícia e liberado. Em nota divulgada nas redes sociais, Tharcísio Aguiar disse que lamenta o ocorrido, e que chegou a parar no local, mas alegou que não ficou para prestar socorro porque foi ameaçado. *As informações são do G1


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também