Giro Ipiaú

Barra do Rocha sofre apagão e perde de virada pela Copa Intervale

Imagem: Ipiaú Tv

A Seleção de Barra do Rocha entrou em campo na tarde de domingo, 19, no estádio Pedro Rocha, diante de seu torcedor. A partida foi contra a Seleção de Wenceslau Guimarães, válida pela ida das quartas de final da Copa Intervale. No primeiro tempo, a seleção de Barra do Rocha marcou dois gols, no entanto, não conseguiu segurar o placar e sofreu uma virada na segunda etapa do jogo, perdendo por 3×2. O jogo da volta está marcado para o dia 3 de julho, é a oportunidade para Barra do Rocha recuperar seus atletas machucados e entrar com força máxima.

O jogo

A equipe barrochense não contou mais uma vez com Bicudo, que ainda se recupera de lesão, já não tinha Valmário, suspenso, e ainda teve de última hora a baixa do goleiro Jeep, que alegando um problema na mão, ficou de fora da partida.

Apesar de tantos desfalques importantes, a Seleção de Barra do Rocha fez um primeiro tempo sublime, marcando muito bem o adversário e criando boas situações de gol no ataque. Zoio, que entrou de titular na vaga de João Gabriel e Ito, marcaram os dois gols da equipe da casa, para delírio dos torcedores. Os primeiros 45 minutos de Barra do Rocha foram primorosos, jogando e não deixando jogar.

Na volta do intervalo, porém, a equipe sofreu um apagão de tal maneira, que em menos de 10 minutos já havia sofrido o empate, primeiro em cobrança de falta de Bruninho, em que houve falha do goleiro Junior.

Em seguida, em cobrança de escanteio, o zagueiro Diran subiu livre para empatar. Wenceslau ganhou confiança na partida e dominou completamente o adversário. A virada era iminente, e isso se confirmou após erro de passe de Barra do Rocha que gerou contra-ataque rápido, em que Bruninho foi acionado e no meio dos zagueiros foi mais rápido e deu um tapinha nojento na bola, deslocando o goleiro e colocando Wenceslau à frente. Barra do Rocha estava entregue, sem forças pra reagir.

O técnico Gilmar sofreu com as seguidas lesões que o time teve no jogo. Misael e Aloísio saíram machucados, obrigando o treinador a buscar alternativas – ele tinha poucas – para tentar reverter a situação. O placar final de 3 a 2 para Wenceslau Guimarães obriga Barra do Rocha a ir para o jogo da volta precisando tirar essa diferença de um gol para levar aos pênaltis e de dois para garantir a classificação de forma direta.  (GIRO/Romário Henderson)


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também