Giro Ipiaú

Eternas promessas de times brasileiros

Foto: Reprodução

Quase todo clube já teve um jogador jovem que parecia que se tornaria um dos melhores do mundo, ou ao menos um grande atleta, mas que ficou somente no quase. No Brasil, esses casos são ainda mais frequentes. E é por isso que você precisa conhecer algumas das eternas promessas de times brasileiros. 

O que são as eternas promessas de times brasileiros?

As eternas promessas de times brasileiros são aqueles jogadores que, no Brasil, despontavam como grandes promessas, mas que em pouco tempo acabaram caindo no esquecimento. Muitos foram vendidos jovens ainda para a europa e não se consolidaram fora do país. Outros, apenas não jogaram um futebol à altura.

De tempos em tempos, surge no Brasil um jogador que promete se tornar um dos melhores do mundo. No entanto, quando as expectativas não são correspondidas, eles acabam se tornando eternas promessas: atletas que nunca atingiram aquilo que realmente se esperava deles.

  1. Adryan – Flamengo 

Adryan começou a sua carreira em 2011, nas categorias de base do Flamengo. Ainda no sub-20 da equipe rubro-negra, o meia-atacante mostrou um talento absurdo, a ponto de ser comparado com Zico, e naquele ano mesmo subiu para a equipe principal. Mas no profissional, ele nunca atingiu um grande futebol. Foi emprestado para diversos times da Europa e nunca vingou, se tornando uma eterna promessa.

  1. Bernard – Atlético Mineiro 

O Bernard foi um dos grandes nomes do Atlético Mineiro campeão da Libertadores de 2013. Titular absurdo daquela equipe, ele brilhava pela sua velocidade, disposição em campo e habilidade na condução de bola, a ponto de ser convocado para o Brasil na Copa de 2014. Ele foi para a Europa com a expectativa de virar um dos principais meias da seleção, teve passagens por Shakhtar e Everton, mas acabou virando uma eterna promessa.

  1. Alexandre Pato – Internacional 

Uma das grandes decepções do futebol brasileiro dos últimos anos sem sombra de dúvidas foi Alexandre Pato. O atacante se destacou no Internacional por mostrar uma habilidade única, a ponto de ser comparado a Ronaldo Fenômeno em força, explosão, drible e finalização. Logo foi vendido para o Milan, mas as lesões lhe atrapalharam e ele acabou indo e voltando de diversos clubes brasileiros, se tornando a principal eterna promessa.

  1. Keirrison – Palmeiras e Coritiba 

O Keirrison é outro jogador que não poderia ficar de fora da lista de eternas promessas brasileiras. O atacante teve um início de carreira arrebatador no Coritiba e Palmeiras, a ponto de ser vendido para o Barcelona em 2009. As expectativas eram várias, mas nenhuma se cumpriu. Ele não jogou nenhuma partida pelo Barça, foi emprestado para diversas equipes da Europa, voltou ao Brasil e não se firmou.

  1. Paulo Henrique Ganso – Santos 

E para finalizar a lista de eternas promessas de times brasileiros, não há como não citar Paulo Henrique Ganso. O jogador despontou ao lado de Neymar como uma das grandes esperanças para a nova geração brasileira, um meio campista clássico e habilidoso como poucos no futebol mundial, típico camisa 10. No entanto, lesões o atrapalharam e, apesar de ter jogado bem em São Paulo e Fluminense, não foi o craque esperado.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também