Giro Ipiaú

Festival Agro Chocolate teve avaliação positiva pelos seus organizadores

Foto: Divulgação

Apesar da incessante chuva e do frio que inibiram a participação do grande público e prejudicaram parte da programação, a 7ª edição do Festival Agro Chocolate de Ipiaú, ocorrida nos dias 8, 9 e 10, na Praça Álvaro Jardim, foi avaliada como a melhor da história do evento, em termos de vendas e participação dos produtores ligados ao setor.

Foto: Divulgação

Chocolateiros de diversas cidades da região e até mesmo do centro-oeste baiano marcaram presença nas palestras e seminários que se caracterizaram por bons temas e interessantes discursões, evidenciando a disposição dos empresários em continuarem a produzir cacau e fazer um excelente chocolate de origem.

Um desses encontros, no auditório do Sindicato Rural de Ipiaú, contou com a participação da diretoria da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano (Amurc) que produziu um documento que foi encaminhado à Câmara Setorial do Cacau com a proposta de fortalecer o estimulo para uma lavoura mais produtiva.

Turismo

A presença do Secretário Estadual do Turismo, Mauricio Bacellar, foi outro ponto positivo, tendo em vista os incentivos acenados por ele para esta região que tem um forte potencial para o turismo rural, com atrativos que envolvem tradicionais fazendas de cacau, trilhas ecológicas, festejos populares e outros recursos inerentes ao setor. Vale citar que Ipiaú consta da lista dos municípios baianos que integram oficialmente o Mapa do Turismo Brasileiro. O festival engloba este segmento.

O presidente do Sindicato Rural de Ipiaú e membro da Aproc (Associação Dos Produtores De Cacau E Chocolate Do Território Do Médio Rio Das Contas), Valnei Pestana, adiantou que no próximo ano o Agro Chocolate será bem mais estruturado, com uma programação ampla e diversificada. O evento acontecerá entre os dias 30 de março e 1 º de abril, período que antecede a Semana Santa.

“Já estamos mobilizados para realizar um evento grandioso em todos os sentidos, inclusive com a participação popular que este ano foi inibida pela chuva, vento e frio, além de uma nova onda de Covid-19, dentre outros fatores”, comentou Valnei Pestana. (Giro/José Américo Castro)


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também